Pr. Elcio Meneses

Pr. Elcio Meneses

Já está em circulação a Edição 1 de 2016 da Revista Portas Abertas. Esse mês o tema abordado é o descanso. Entenda como ele pode ser possível em um cenário de perseguição

4-revistaPA-0310105119

"Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração." Salmos 37.4. Descansar é uma necessidade que todas as pessoas têm e alguns meses são os preferidos para dar essa pausa e renovar as energias. Por isso, escolhemos desenvolver na revista Portas Abertas deste mês o descanso dos nossos irmãos perseguidos. Leia e entenda como eles conseguem "recuperar o fôlego" em meio à perseguição. Na China, por exemplo, um curso voltado para casais tem ajudado na renovação dos votos de amor.
 
Além disso, você vai conhecer o Ministério Oásis e como essa casa tem sido usada para ser um lugar de descanso e renovo para muitos cristãos brasileiros. Saiba como participar de um grupo de oração e testemunhe a história de uma família inteira que foi abençoada.
 

Se você ainda não recebe a Revista Portas Abertas, cadastre-se e receba mais informações sobre a causa da Igreja Perseguida.

Milhares de pessoas saíram assustadas de suas casas e correram sem saber para onde ir


06_Bangladesh_2015_0210100122
O terremoto que aconteceu essa semana, de 6,7 graus de magnitude, abalou o nordeste da Índia, perto da fronteira com Mianmar e Bangladesh, provocando cenas de pânico nas ruas.
Muitos edifícios tremeram e até balançaram, milhares de pessoas saíram assustadas de suas casas e correram sem saber para onde ir. Segundo a imprensa, mais de 1.600 pessoas morreram, entre elas, três foram vítimas de ataques cardíacos ou derrames.
Muitos cristãos que foram feridos, se reuniam em grupos de oração. Vamos orar para que eles possam superar esse trauma e que as famílias das vítimas sejam consoladas pelo amor misericordioso de Jesus.
Pedidos de oração
• Peça para que Deus permaneça no controle de todas as coisas em Bangladesh.
• Ore para que o Senhor dê forças para aqueles que sofreram perdas com esse terremoto e que seus corações sejam consolados.
• Também peça para que Deus dê estratégias aos governantes, que eles consigam controlar a situação o mais breve possível.

FONTE: Portas Abertas
Cristãos são perseguidos pelos extremistas, em especial nas áreas controladas pelo Al-Shabaab


7-somali-bombs-reuters

Na Somália, um homem-bomba realizou um ataque suicida num restaurante popular, em Mogadício, capital do país, matando pelo menos três pessoas e deixando vários feridos.
De acordo com a agência de notícias Reuters, o homem vestia terno e um colete cheio de explosivos, que foi acionado assim que ele entrou no Restaurante Village. Segundo a polícia local, esse é o terceiro ataque a bomba no mesmo estabelecimento, que fica próximo ao teatro nacional da Somália.
De acordo com os relatórios da Portas Abertas, esse tipo de ataque também está acontecendo com frequência em ambientes religiosos, como igrejas, principalmente porque 99,8% dos somalis são muçulmanos e não existe a mínima possibilidade de discutir a liberdade religiosa. Os cristãos são brutalmente perseguidos pelos extremistas, em especial nas áreas controladas pelo Al-Shabaab. Segundo a lei do país, aquele que trocar o islã pelo cristianismo é preso imediatamente sem garantias legais ou até executado sem julgamento. Ore pelos cristãos perseguidos que vivem nesse país.
A situação pode ficar ainda mais precária se os ataques continuarem

7-india-pakistan-reuters

A base aérea da Índia foi atacada por forças afegãs, mas os membros do comando resistiram às forças de segurança do país. Ao mesmo tempo, o exército teve que combater um grupo que, aparentemente, era integrado por paquistaneses, que tentavam invadir o consulado. Os dois ataques aconteceram dez dias depois de uma visita do premiê indiano, Narendra Modi, ao Afeganistão, onde um atentado suicida perto do aeroporto de Cabul, no mesmo dia, destacou novamente a situação de insegurança no país.
 
Os especialistas assinalaram o risco de uma guerra entre a Índia e o Paquistão através da ação dos talibãs. Em 25 de dezembro, os chefes de governo do Paquistão e da Índia se reuniram em Islamabad. Esta foi a primeira vez em 10 anos que um premier indiano viajou ao Paquistão. Desde a independência da Grã-Bretanha em 1947, Índia e Paquistão já travaram três guerras pelo controle da Caxemira, um território do Himalaia que ambos ocupam em parte e que reivindicam em sua totalidade. Um desses conflitos já custou a vida de cerca de 100 mil pessoas.
 
Levando em conta que a situação para os cristãos na Índia já não é nada fácil, já que o governo tem negado emprego, educação e moradia para eles, alegando que entre os dalits não deve existir nenhum cristão, esses ataques só colaboram para uma condição de vida ainda mais precária. "A disposição do governo de beneficiar os hindus dalits, por um lado, e a recusa de auxílio para dalits cristãos e muçulmanos, por outro lado, é a violação de um direito fundamental de igualdade perante a lei garantida no âmbito da Constituição", conclui o líder cristão Kumar Swamy, secretário nacional do All India Christian Council. Ore pelos cristãos indianos para que tenham sua fé renovada nesse momento tão complicado que estão vivendo.

FONTE: Portas Abertas
Presidente Buhari planeja negociações com Boko Haram

7-nigeria-reuters

Segundo voluntários civis que apoiam o Exército na luta contra o grupo terrorista Boko Haram, pelo menos 30 pessoas morreram na cidade nigeriana de Madagali, no estado de Adamawa, quando duas bombistas-suicidas explodiram num mercado local, muito frequentado pelos moradores.
 
Segundo a BBC News, um caminhão também explodiu enquanto descarregava gás de cozinha (butano) na cidade de Nnewi, no Estado de Anambra. Muitas pessoas haviam ido ao local encher botijões de gás para preparar a ceia de Natal. Um repórter da agência de notícias Associated Press disse ter contado cerca de cem corpos. O local onde ocorreu a explosão é predominantemente cristão.
 
Além das explosões e ataques, o Boko Haram também provocou uma revolta internacional no caso das meninas sequestradas de Chibok. O presidente Muhammadu Buhari disse que precisa encontrar líderes com credibilidade para futuras negociações com o grupo extremista. Enquanto isso não acontece, vamos todos orar pelos nigerianos, para que Deus os fortaleça enquanto passam por esses momentos difíceis.

 

FonteAssociated Press
Pelo menos cinco cristãos, incluindo uma criança de 11 anos de idade, foram mortos e cerca de sete mil pessoas foram vítimas de perseguição ao longo do ano passado, de acordo com relatório sobre a situação da Igreja na Índia

24_India_0430102173

Relatório da Perseguição aos Cristãos, lançado esta semana pelo Catholic Secular Forum (CSF), baseado em Mumbai, na Índia, afirma que cerca de 300 líderes cristãos foram alvejados em incidentes de violência em todo o país no ano passado.
Os autores da pesquisa são críticos acerca do que eles veem como um balanço entre o conservadorismo e o fundamentalismo na Índia, um país de maioria hindu que é, contudo, bastante diversificado.
Em outubro, fundamentalistas hindus atacaram doze aldeias cristãs no estado de Chhattisgarh. No início do ano, 50 aldeias no mesmo distrito aprovaram resoluções que proíbem cerimônias religiosas não hindus. Estes problemas alarmantes levaram os autores do relatório a rotular Chhattisgarh como o pior lugar da Índia para os cristãos viverem.
“Há uma campanha de ódio acontecendo contra as minorias do país," afirmou Michael Saldanha, da CSF à UCA News. Saldanha disse que o governo deve garantir que os cristãos na Índia estejam a salvo de ataques e perseguições. Em vez disso, diz o relatório, a perseguição muitas vezes não é registrada porque as vítimas têm medo de denunciar e sofrer retaliações.
Samuel Jaykumar, do Conselho Nacional de Igrejas na Índia, disse que a letargia do governo na investigação de alegações de perseguição é um problema que persiste há anos. "Incidentes de perseguição trazidos à tona são perturbadores, mas nós temos que enfrentar a realidade de que esta tendência vai continuar devido à inação do governo contra os agressores", disse ele à UCA News. E acrescentou: "Os cristãos no país vivem com uma sensação de medo desde que o partido BJP assumiu o governo”.
O relatório da CSF apelou ao primeiro-ministro Narendra Modi para tomar medidas firmes contra o fundamentalismo e para prevenir atos de perseguição contra a comunidade cristã. No entanto, Modi é visto por muitas minorias religiosas como um nacionalista hindu que ficou em silêncio sobre a questão desde que tomou posse no ano passado.
 
FonteUCA News

Calcula-se que até hoje menos da metade da população mundial com suas etnias e idiomas tenha sido confrontada com o evangelho. A outra parte, com sua maioria absoluta na Janela 10/40°

O termo “Janela 10/40” originou-se com Luis Bush diretor International AD2000 & Beyond Movement durante a 2ª Conferência de Lausanne, em Manila, em Julho de 1989. Desde então, tem sido usado por Missiólogos e autoridades eclesiásticas no mundo. Representa uma grande multidão de cerca de 2,7 bilhões de pessoas que ainda são objeto dos empreendimento missionários do povo de Deus.  A área de maior perseguição atualmente fica na Janela 10/40, a faixa compreendida entre os paralelos 10" e 40", onde vivem 97% das pessoas menos evangelizadas do mundo. Essa área retangular se estende do oeste da África até a Ásia, entre os paralelos 10 e 40 ao norte do Equador. Há 1,6 bilhões de muçulmanos, hindus e budistas vivendo nessa "janela" e em alguns países a Igreja foi quase que eliminada como resultado da opressão islâmica. A população cristã lá é menor que 2%, uma pequena, porém, preciosa minoria. Outra área crítica na Janela 10/40 é a China. Pastores e evangelistas são detidos todos os dias. Igrejas nos lares são fechadas e seus líderes ameaçados. Muitos são presos por portarem simpleamente a Bíblia. E, apesar do declínio do comunismo na Europa, a China ainda mantém uma posição ateísta inflexível, piorando a situação da Igreja lá. Os países com as maiores populações não-cristãs são: China , Índia , Indonésia , Japão , Bangladesh , Paquistão ,Turquia e Irã, todos na Janela 10/40°.

Países da Janela:

01 - KUWAIT
Localização: Golfo Pérsico 5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Restrito 

02 - IRÃ
Localização: Golfo Pérsico 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas 
Evangelismo Proibido 

03 - EGITO
Localização: Oriente Médio 0,8% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

04 - ISRAEL
Localização: Oriente Médio0,35% de Cristãos evangélicos Predominante: Judeus e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

05 - BRUNEI
Localização: Sudoeste da Ásia 0,6% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Budistas
Evangelismo Restrito 

06 - LÍBIA
Localização: Norte da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

07 - SOMÁLIA
Localização: Leste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas 
Evangelismo Proibido 

08 - BANGLADESH
Localização: Ásia Central 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus
Evangelismo Restrito 

09 - BURKINA-FASO
Localização: Oeste da África 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Animistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

10 - UZBEQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

11 - TADJIQUISTÃO
Localização: Leste Asiático 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

12 - LÍBANO
Localização: Oriente Médio 4,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas
Evangelismo Permitido 

13 - MALÁSIA
Localização: Sul da Ásia 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos, alguns Budistas e Hindus
Evangelismo Restrito 

14 - PAQUISTÃO
Localização: Oeste da Ásia 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Restrito 

15 - ÍNDIA
Localização: Ásia Central 1% de Cristãos evangélicos Predominante: Hindus e alguns Muçulmanos 
Evangelismo Restrito 

16 - BUTÃO
Localização: Ásia Central 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

17 - MALI
Localização: Oeste da África 0,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e algumas Crenças Tradicionais Evangelismo Permitido 

18 - NEPAL
Localização: Ásia Central 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Hindus e alguns Budistas
Evangelismo Restrito 

19 - CHINA
Localização: Leste da Ásia 4% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Folclóricos Chineses Evangelismo Restrito 

20 - QATAR
Localização: Golfo Pérsico 0,007% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

21 - OMÃ
Localização: Golfo Pérsico 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos 
Evangelismo Proibido 

22 - NIGÉRIA
Localização: Oeste da África 17% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Animistas
Evangelismo Restrito 

23 - MAURITÂNIA
Localização: África do Norte 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

24 - ARÁBIA SAUDITA
Localização: Golfo Pérsico 0,007% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

25 - AZERBAIJÃO
Localização: Leste da Ásia 0,003% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

26 - EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Localização: Golfo Pérsico 0,7% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Proibido 

27 - DJIBUTI
Localização: Leste da África 0,03% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

28 - TURQUEMENISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

29 - KAZAQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,004% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

30 - MALDIVAS
Localização: Centro Sul Asiático 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

31 - SUDÃO
Localização: Leste da Ásia 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Animistas
Evangelismo Restrito

32 - GUINÉ
Localização: Oeste da África 0,75% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Animistas
Evangelismo Restrito 

33 - BENIN
Localização: Oeste da África 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Crenças Tradicionais e alguns Muçulmanos Evangelismo Permitido 

34 - ALBÂNIA
Localização: Sul da Europa 5% de Cristãos evangélicos Predominante: Ortodoxos e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

35 - IEMEM
Localização: Oriente Médio 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

36 - ETIÓPIA
Localização: Leste da África 10% de Cristãos evangélicos Predominante: Ortodoxos, Sunitas e Crenças Tradicionais Evangelismo Permitido 

37 - TUNÍSIA
Localização: Norte da África 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

38 - JORDÂNIA
Localização: Oriente Médio 0,4% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

39 - AFEGANISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Restrito 

40 - TAILÂNDIA
Localização: Sudoeste da Ásia 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

41 - INDONÉSIA
Localização: Norte da Ásia 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus
Evangelismo Restrito 

42 - MARROCOS
Localização: Norte da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

43 - VIETNÃ
Localização: Sudoeste da Ásia 0,6% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e Crenças Tradicionais
Evangelismo Restrito 

44 - MYANMAR
Localização: Sudoeste da Ásia 4% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Permitido 

45 - CAMBOJA
Localização: Sul da Ásia 0,05% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

46 - SENEGAL
Localização: Oeste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

47 - JAPÃO
Localização: Leste da Ásia 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Shinto / Budistas
Evangelismo Permitido 

48 - NIGÉR
Localização: Oeste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Animistas Evangelismo Restrito 

49 - LAOS
Localização: Sudoeste da Ásia 1,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

50 - IRAQUE
Localização: Golfo Pérsico 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas
Evangelismo Restrito 

51 - TAIWAN
Localização: Leste da Ásia 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Folclórica Chinesa e alguns Sunitas
Evangelismo Permitido 

52 - TIBET
Localização: Oeste da China 0,02% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

53 - TURQUIA
Localização: Oeste da Ásia 0,03% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

54 - SÍRIA

Localização: Oriente Médio 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Proibido 

55 - GUINÉ-BISSAU
Localização: Oeste da África 1,2% de Cristãos evangélicos Predominante: Animistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

56 - QUIRQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,003% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

57 - SAARA OCIDENTAL
Localização: Norte da África 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos
Evangelismo Proibido 

58 - SRI LANKA
Localização: Ásia Central 0,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas, alguns Hindus e Muçulmanos 
Evangelismo Restrito 

59 - BANRAI
Localização: Golfo Pérsico 1,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus
Evangelismo Proibido 

60 - ARGÉLIA
Localização: Norte da África 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

61 - CORÉIA DO NORTE
Localização: Leste da Ásia 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Crenças Tradicionais Evangelismo Proibido 

62 - MONGÓLIA
Localização: Centro-Norte da Ásia 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Crenças Tradicionais Evangelismo Restrito

(Extraído do Jornal Paixão pelas Almas - SEMIPA)

 

Muçulmanos invadem aldeia cristã e crucificam nove

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos vem divulgando constantemente os horrores da guerra na Síria. Tendo se iniciado há mais de três anos, já resultou em 162 mil mortos e mais de nove milhões forçados a saírem de suas casas.
No embate entre as forças do governo e os rebeldes, de duas facções islâmicas distintas, os cristãos foram pegos no fogo cruzado e são o grupo que mais sofre nessa guerra. Quando os rebeldes invadem as aldeias e cidades cristãs da Síria, geralmente punem seus moradores por não servirem a Alá e por serem aliados do governo do presidente Bashar al-Assad, que nunca perseguiu os cristãos do país.
Os guerrilheiros do exército do Estado Islâmico no Iraque e na Síria (ISIS), vem chamando atenção da mídia internacional pelas demonstrações de crueldade nesta guerra. Seu objetivo declarado é criar um estado islâmico em áreas sunitas do Iraque e na Síria.
Neste final de semana, deram dois sinais claros que as coisas estão saindo de controle novamente. Após as eleições recentes, esperava-se que o ritmo da guerra diminuísse e a paz fosse negociada.
Porém, foram divulgadas imagens da ação do ISIS na província cristã de Aleppo, no norte do país.  Nove homens foram crucificados em público.  A acusação era de apostasia (afastar-se da verdadeira fé muçulmana). Um deles, que não teve seu nome divulgado, conseguiu sobreviver depois de ficar crucificado por oito horas. Ele contou que foram torturados após os jihadistas invadirem sua aldeia, e condenados a pagar por sua falta de fé.
Os corpos dos demais homens ficaram na praça principal da vila por três dias, como um sinal de força do ISIS. No início do mês passado, foram divulgadas imagens de cristãos sendo crucificados por soldados do ISIS na cidade de Raqqa.
Neste domingo (29), uma gravação postada na internet anunciou para o mundo que os jihadistas do ISIS estão reestabelecendo o califado. Esse regime político, desaparecido há um século, significa na prática que seu líder, Abu Bakr al-Baghdadi, agora é o califa, e portanto será o líder dos muçulmanos em todas as partes do mundo.

isismap Muçulmanos invadem aldeia cristã e crucificam nove

Segundo o que essa organização terrorista, que nasceu no seio da Al-Qaeda, tem divulgado, pretendem instituir um regime fundamentalista islâmico em todo o Oriente Médio e norte da África. Isso pode ser visto como uma declaração de guerra a Israel, a quem eles prometeram aniquilar. Também pode ser encarado como uma ameaça real a todos os cristãos que vivem nessas áreas.  Com informações de Telegraph e Yahoo
 
Fonte: Gospel Prime
Inscrições começam no dia 14 de setembro e vão até 13 de outubro.
Remunerações variam de R$7.023,79 a R$ 9.662,84, conforme edital.

Foi divulgado nesta terça-feira (8), o edital do concurso público que prevê 19 vagas para o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). O edital consta no Diário Oficial da União desta terça. As remunerações variam de R$7.023,79 a R$ 9.662,84. O concurso ainda prevê cadastro de reserva. As inscrições começam no dia 14 de setembro. Clique aqui e confira o edital completo.

Ao todo, o concurso está ofertando quatro vagas para analista judiciário,13 para técnico judiciário (área administrativa, sem especialidade), uma para técnico judiciário (área de apoio especializado em programação de sistemas) e uma para técnico judiciário (área de apoio especializado em operação de computadores). O carga de analista é para nível superior e o de técnico, para nível médio

A remuneração para analista judiciário pode chegar a R$ 9.662,84 quando somado aos vencimentos o auxílio-alimentação, para uma jornada de 40 horas semanais. Já para técnico judiciário, os vencimentos podem chegar a R$ 7.023,79, para a mesma jornada de trabalho.
Inscrição

Os interessados em participar do certame devem se inscrever no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), no qual a ficha de inscrição estará disponível a partir das 10h do dia 14 de setembro e até as 14h do dia 13 de outubro de 2015. A taxa de prevista é de R$ 60,00 (nível médio) e R$ 75,00 (superior). As provas terão 60 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos, e estão previstas para serem aplicadas no dia 29 de novembro deste ano.
Os candidatos terão três horas para realizar as provas dos cargos de técnico judiciário e quarto horas para analista judiciário, que contará ainda com redação. O período da manhã será reservado para os cargos de técnico judiciário, e no período da tarde para os cargos de analista judiciário. As avaliações serão aplicadas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa.

FONTE: http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2015/09/edital-de-concurso-com-19-vagas-para-o-tre-pb-e-publicado.html
A reitora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a professora Margareth Diniz, informou na noite desta terça-feira (15) que o concurso público para cargos no setor técnico-administrativo da instituição, está com a programação mantida e segue normalmente.

Segundo a reitora da UFPB o extrato da empresa realizadora do certame deve ser publicado nesta quarta-feira (16) e o edital deve sair nos próximos 15 dias.

Margareth explicou ainda que os cortes anunciados na segunda-feira (14) pela equipe da presidente Dilma Rousseff, que incluem a suspensão de concursos públicos entre as medidas de contenção de gastos, não devem afetar este concurso, visto que muitas das decisões anunciadas ontem ainda passarão pelo Congresso Nacional. Segundo a reitora, nenhuma orientação relacionada a suspensão do concurso foi recebida e a programação continua normalmente.

Previsão de 150 vagas
A expectativa pelo concurso começou no dia 3 de março, quando a reitora anunciou que realizaria a seleção para o preenchimento de 140 vagas para cargos no setor técnico-administrativo da instituição, distribuídas em cargos de nível médio e superior. Na época, a previsão era de que o editla fosse lançado em abril.

Mas em abril, o pró-reitor de Gestão de Pessoas, Francisco Ramalho, anunciou o adiamento da publicação do edital para o mês de junho, ampliando o número de vagas para 150. Segundo ele, o adiamento foi motivado porque a universidade decidiu solicitar mais códigos de vagas junto ao Ministério da Educação (MEC).

O último concurso realizado pela UFPB para técnico-administrativo ocorreu em 2012 e ofereceu 149 vagas. O maior número de inscritos foi para o cargo de Assistente em Administração (Nível Médio) com 52 vagas no Campus de João Pessoa com 14.319 inscritos, totalizando 275,37 candidatos para cada vaga. Já o cargo de Auxiliar em Biblioteconomia (Nível Fundamental) foi o que registrou a maior concorrência, com 828 inscritos para uma única vaga.



FONTE: http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2015/09/edital-do-concurso-da-ufpb-deve-sair-em-15-dias-diz-reitora-da-instituicao.html
Pagina 1 de 3